Diversidade, em todos os sentidos

paredao-bbb-2013-votar

Há 10 anos é a mesma ladainha. Quando começa o Big Brother Brasil na televisão, começa uma patrulha implacável dos intelectuais de sofá contra quem gosta de assistir o programa. O problema aumentou exponencialmente nos últimos anos, quando as redes sociais ganharam força no Brasil, e os confrontos entre BBBmaníacos e opositores da atração deixaram as rusgas tímidas nos fóruns e listas de internet por batalhas campais sangrentas no Twitter e Facebook.

Sem querer tomar partido de forma deliberada (mas já tomando), acredito que todo mundo tem o direito de gostar de um programa de TV ruim, por pior que ele seja, e falar publicamente sobre ele. Seja BBB, Superpop ou Jornal Nacional (rá!). A TV é de acesso público, a internet é livre e cada um fala o que pensa sobre o programa que escolhe assistir. Quase uma democracia né?

O problema é que a patrulha anti-BBB cerceia e discrimina quem assiste o programa ou quem fala sobre ele nas redes sociais. Não quer assistir BBB? Não é obrigado, assiste SBT, Band, Record, ou se você for sortudo, mude para um canal bacana da TV a cabo. Não quer ver as pessoas falando sobre BBB? Feche o twitter ou o facebook durante o horário do programa e vai ler um livro, ou aproveite para ver uns vídeos legais no YouTube. Em ultimo caso, bloqueie, exclua, elimine, extermine e arranque os BBBzeiros que estão importunando sua timeline.

A gente só não pode impedir as pessoas de curtir o BBB ou outro programa qualquer, ou perder a paciência pelo flood que acontece durante a atração. Tem gente que odeia política e tem de agüentar quietinha o ti ti ti sobre candidatos durante as eleições e tem gente que prefere a morte a um jogo de futebol, mas respira fundo e atura os debates acalorados durante jogos do Brasileirão.

Tudo isso faz parte da boa convivência, da etiqueta nas redes sociais. Vamos respeitar o direito dos outros em assistir porcaria. Quem nunca assistiu Superpop, Topa Tudo Por Dinheiro ou Raul Gil, que atire a primeira pedra.

PS: Me inscrevi para participar desta edição do BBB, passei por três seletivas, mas não fui chamado pra casa. Já assisti e falei MUITO sobre o programa, mas hoje, acho bem sem graça. Ainda quero participar, afinal, quem não quer fama e R$1,5 milhões?😉

Comentários em: "BBB: Pelo direito de assistir (e falar sobre) porcaria na televisão" (5)

  1. Eu só excluiria alguém da minha timeline se tivesse muitos amigos vendo e comentando esta coisa que insistem em dizer que é um programaço! Mas, como não tenho, o pouco que vejo ali não me afeta, da mesma maneira outros programetes ou coisas afins que são comentadas nas redes sociais. Claro que, com a mídia da Globo, o tal programete tem uma boa audiência e acaba sendo um pouco mais comentado que o resto, mas, não chega a me atingir de forma que tenha de “intervir” na minha timeline ehehehehehe…

  2. O Brasil não tá indo pro fundo do poço porque tem gente que assiste BBB ou que critica quem assiste BBB.
    Brasil tá indo pro fundo do poço porque tem 20 milhões votando pra fulano ir pro paredão, mais 20 milhões twittando que BBB é lixo porque não é cultura, enquanto só 30~60mil pessoas levantam a bunda da cadeira e vão participar de marchas contra corrupção e afins nos 7’s de setembro por aí.
    Os números me assustam, mesmo concordando com o que voce escreveu Delucca.

  3. Felipe disse:

    Concordo com o Rômulo e o Ítalo.
    Tanto quem assiste, como quem odeia dá ibope, seja de um jeito ou de outro…
    É tanta discussão acerca disso que não sabemos, enfim, quem mandar para o “paredão”…
    Esse é o nosso BBBrasil!

  4. Panda disse:

    Putaquepariu, daqui a pouco vai ter lei contra a BBBfobia…

  5. Aristóteles Santos. disse:

    Pior que o BBB é tentar defender a idéia dos que tem o direito de assistir. Claro que os menos esclarecidos possuem esse direito. Porém a crítica é do conteúdo que o BBB traz, ou seja, NADA DE INTERESSANTE nem de útil. Não trata-se de intelectuais de sofás, mas sim de tolos que sentem-se no direito de assistir e no dia seguinte sair comentando…QUE SACO. Depois não sabem por qual motivo o BRASIL é um país de 3º. mundo ou EMERGENTES ( para os que assim querem intitular).
    BORA GLOBO BOTA PRA LASCAR NOS BRASILEIRO OU MELHOR EM ALGUNS…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: