Diversidade, em todos os sentidos

– Sem Título

Passando a língua ao lado da boca,
lambia os restos brancos que
sobraram de uma noite suja.

não era açúcar,
não era cianureto,
não era cocaína,
nem o pó da alma.

Era você.
Que sobrou
e passou.

Anúncios

Comentários em: "– Sem Título" (1)

  1. que máximo!isso me lembra as melecas branquinhas que ficam na boca quando a gente acorda rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: